Palermo - Locais interessantes em Buenos Aires - Argentina - Como chegar a Palermo - Noite em Palermo - Dicas de Palermo - O que fazer em Palermo - Atrações de Palermo - Compras Palermo - Restaurantes Palermo - Viagem
 
 



Buenos Aires
 Introdução
 História
 Clima
 Cultura
 Antes de viajar
 Como chegar
 Locomover
 Hospedagem
 Passeios
 Locais interessantes
   • La Boca
   • Palermo
   • Pl. del Congreso
   • Plaza de Mayo
   • Puerto Madero
   • Recoleta
   • San Telmo
 Ao redor
 Compras
 Alimentação
 Dicas de viagem


Links e sites oficiais:
Site oficial da cidade de Buenos Aires

 
  Locais interessantes em Buenos Aires - Palermo



Devido o bairro de Palermo ser um dos mais extensos da cidade de Buenos Aires é fácil verificar que há diferentes setores. Além das enormes áreas verdes, com bosques, parques e praças, ideais para boas caminhadas, o bairro também oferece outros atrativos.

Atualmente Palermo está subdividido, por razões comerciais e imobiliárias, em Palermo Chico, Palermo Viejo e Palermo Hollywood.

Palermo Chico
No chamado Palermo Chico ou Bairro Parque é aonde encontramos palácios, mansões, embaixadas, consulados e elegantes residências. Está delimitado pela Avenida Figueroa Alcorta, entre Tagle e San Martín de Tours. As ruas são arborizadas e apresentam traçado curvo e irregular.

Palermo Hollywood
Tem esse nome pela grande quantidade de estúdios de TV, Cinema e Publicidade que se instalaram no limite ao norte da avenida Juan B. Justo até a avenida Dorrego. Muito freqüentado por pessoas do meio televisivo e cinematográfico nos novos restaurantes e pubs que foram abertos em casas restauradas.

Palermo Viejo
Também conhecido como Palermo Soho devido a sua similaridade com os bairros de Soho e Village de New York. Limitado ao sul da avenida Juan B. Justo até a avenida Scalabrini Ortiz.
É a parte mais antiga de Palermo. Constituído anteriormente por bodegas, principalmente de vinhos e por casas antigas do início do século XX que foram recuperadas arquitetonicamente e por outras em processo de remodelação. Hoje suas casas são habitadas por boêmios, por arquitetos, por profissionais da moda e da decoração e por artistas que expõem e vendem ali suas criações. Tornou num lugar exclusivo, cheio de estilos e tendências onde passou a abrigar alojamentos com uma proposta diferente de hospedagem; um centro gastronômico, apresentando cada bar e restaurante com identidade própria; espaços de diversão noturna; galerias de arte; salas de teatro alternativo; estúdios de desenho e ateliês que criam tendências; e casas de decoração com elementos exóticos.

Dica: leve dinheiro a mais, há algumas coisas interessantes e exclusivas para comprar. Dê preferência em visitar essa região de Palermo nos finais de semana, pois funciona uma feira de artesanato na Plaza (praça) Julio Cortázar, interseção das calles (ruas) Serrano com Honduras, área com maior concentração de lojas.

Como chegar à Plaza Julio Cortázar:
Ônibus (colectivos): 34, 39, 55, 57, 140, 142, 151, 166, 168

Assim como o tango tem seu lugar próprio na cidade, o jazz encontrou o seu lugar em Palermo Viejo. Com o nome de “La ruta del jazz”, desde 2003, diversas bandas de jazz se apresentam em bares e em restaurantes do bairro.

Além de Palermo Viejo possuir atualmente fama internacional, é também conhecido como o lugar onde o renomado escritor argentino Jorge Luis Borges cresceu.

     

Existem vários lugares para se visitar em Palermo. O bairro é considerado o pulmão verde da cidade de Buenos Aires e local onde é possível encontrar centros culturais, museus e vários monumentos. Entre algumas atrações encontradas, estão: os Bosques de Palermo, o Jardim Japonês, o Jardim Botânico, o Jardim Zoológico, o Planetário Galileo Galilei, o museu de Motivos Argentinos José Hernández, o museu de Arte Latinoamericano de Buenos Aires (MALBA), o museu de Artes Plásticas Eduardo Sívori, o centro cultural Islâmico Rey Fahd, maior templo islâmico da América Latina e o Jockey Club.

Saiba mais sobre os Bosques, os Jardins e o Planetário na página Parques e Jardins.

Saiba mais sobre os museus na página Museus em Buenos Aires.

Entre os monumentos encontramos alguns dos mais importantes da Capital Federal:

• Monumento de los Españoles: obra do escultor Agustín Querol, denominada A Carta Magna e as Quatro Regiões Argentinas. Monumento em mármore com figuras em bronze que simbolizam os Andes, o Rio de la Plata, o Pampa e o Chaco.
• Monumento ao General Justo José de Urquiza: estátua eqüestre, obra de Renzo Baldi e Héctor Rocha.
• Monumento a Domingo Faustino Sarmiento: escultura em bronze de Augusto Rodin.
• Monumento a Nicolás Avellaneda: obra de José Fioravanti.

Como chegar ao bairro de Palermo:
Ônibus:
Linhas: 12, 15, 29, 36, 37, 38, 39, 41, 55, 57, 59, 60, 64, 66, 67, 68, 93, 95, 106, 108, 111, 118, 130, 141, 152, 160, 161, 166, 188, 194

Metrô:
Linha “D” – Estações Plaza Italia ou Palermo

Jardín Botánico de Buenos Aires no bairro Palermo - Argentina

Locais interessantes em Buenos Aires
   • La Boca
   • Palermo
   • Plaza del Congreso
   • Plaza de Mayo
   • Puerto Madero
   • Recoleta
   • San Telmo

Onde passear em Buenos Aires
   • Cassinos
   • Museus
   • Parques e Jardins
   • Praças e Monumentos
   • Ruas e Avenidas
   • Shows de Tango
   • Teatros